Roteiro vegetariano pão-duro em Dublin

O Ministério dos Mãos de Vaca adverte: você vai comer muito por menos de 10 euros.


Todo mundo que é veggie ou àsvezestariano ou quer ser veggie mas sofre pressão social ou “mas e as proteínas?” ou “mas e a anemia?” ou “come aí então um churrasco de melancia”… bem vocês entenderam: #gentechatanasuadieta. Agora soma tudo isso àquele momento em que bate a fome derradeira no meio do roteiro turístico…fiquei como?
E se você estiver em Dublin, uma das capitais mais caras da Europa? Xiii… achar comida veggie com preço amigo é tenso. Vou quebrar o galho de vocês e compartilhar a minha lista de restaurantes com ótimas opções no centro de Dublin em ordem aleatória porque ainda não decidi qual é o melhor.

Mexico to Rome – Temple Bar

Eu sei, que combinação esquisita comida italiana com mexicana…estranhamente dá certo! Por 9.95 eurícolos no lunch special você tem entrada, prato principal e meus bons drink (sem plural mesmo pra homenagear a Marilac, diva do verão europeu). Recomendo a quesadilla e a italian veggie pie. Mano…

El Grito – Temple Bar

Segundo a crítica gastronômica e minha amiga Cláudia Espíndola (2016): “…é o único mexicano verdadeiro de Dublin.” Ela é daquelas pessoas cujo perfil do Facebook só tem comida então acho que ela tem bastante credibilidade. Mais dois motivos: os preços começam aos 6.95 e eles fizeram a foto abaixo. Como não amá-los?

El grito
As definições de fofura veggie foram atualizadas.

Meu xodó desse cantinho despretensioso no coração de Dublin é a torta, que não é uma torta, é um sanduba. #vivaadiversidade


McDonald’s – no mundo inteiro

Brincadeirinha…só pra não perder o costume. É sempre mencionado aqui no blog.

Zaytoon – Temple Bar

Ele é Persa ele. Mas onde é a Pérsia? No atual Irã. Então ele é Iraniano ele. Pois então, sua oportunidade de viajar para o Oriente Médio sendo que o único risco que vai correr é ganhar uns quilos a mais na região da pança. O kebab vem maravilhosamente recheado com legumes na grelha, salada e até batata frita porque nunca é demais. Suco de laranja natural para parecer que somos fitness. Lembrando que é o único da lista aberto até de madrugada, quando você já tomou mais pints do que deveria e precisa de uma sustança. #quemnunca?

Zaytoon
Captura da deliciosidade persa por Claudia Balint.

Musashi – Capel Street

Tem também lunch special por 9.90 com miso, bento box e tem o tofu empanado mais delicioso que você respeita (e devora). Sem falar no ambiente oriental ma-ra para levar o boy ou a girl magia. Cervejas japas para que gosta. Só vai.

Govinda’s – Abbey Street

Uma experiência gastronômica digamos…exótica. Primeiramente fora Temer porque você não consegue identificar os ingredientes, segundo porque é uma quantidade absurda de comida por um preço jamais dantes visto em terras dublinenses. Aquele prato para você viver um dia de princesa pedreiro. Depois das 20h só se paga 1 eurícolo pela refeição. #choquei

Govinda's
Nossa correspondente para assuntos de comilância Claudia Balint ataca novamente.

Deixa eles botarem tudo no seu prato, sem critério.

Gostou das sugestões? Quer adicionar outras várias outras opções e transformar esse post numa monografia? Comenta aí!
Quer me ajudar a propagar uma alimentação mais sustentável por esse mundão (de Dublin)? Compartilha esse post no Facebook, Instagram, Snap, twitter, orkut, ICQ, Mirc (somos vintage)… #nuncatepedinada
Até a próxima!

RESERVE AQUI

Esse post foi útil para você? Que tal fazer as suas reservas com os parceiros do blog?

É a melhor forma de contribuir com o meu trabalho. Eu ganho uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso.

Obrigadaaaa! Só clicar nos ícones abaixo – e ainda aproveitar descontos exclusivos para você, que apoia o blog.

PLANILHA GRATUITA

CURSO DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM

Planeje sua viagem em 8 passos e economize até 70%.

Conheça o passo a passo usado por centenas de viajantes para fugir de ciladas turísticas, parar de jogar dinheiro fora e fazer uma viagem autêntica e confortável para qualquer lugar do mundo.

REDES SOCIAIS


Mari Neubra é especialista em Planejamento de Viagem e criadora do Plano V. Pesquisa e produz conteúdo de viagem para a internet desde 2016. Já ajudou milhares de viajantes a ganharem o mundo com confiança e controle financeiro. O Plano V reúne estratégias testadas ao longo desses anos em mais de 25 países.