Roteiro imperdível para curtir o outono em Dublin

Outono no exterior é mágico para quem é brasileiro. Nós tupiniquins não estamos acostumados com “as folhas caem no quintal” – com exceção de Sandy e Júnior (aproveite e troque a capa do seu CD 4 Estações). Se você for do sudeste do Brasil pra cima é provável que só conheça duas estações: Verão e Inferno. Por isso mesmo durante minha estadia em Dublin fiquei boquiaberta com tanta belezura. E para que você não perca nadica dessa estação bucólica segue um guia de coisitas para fazer no Outono em Dublin:

Provar bebidas e comidas da época

Os cafés e restaurantes fazem a decoração e cardápio todos trabalhados nas abóboras, caramelos e nozes. É torta de abóbora de um lado, bolo de cenoura do outro, pumpkin isso, pumpkin aquilo, ou seja, tascam corante laranja em tu-do! O Starbucks inclusive tem dois cafézes especiais que são aguardados o ano todo: o pumpkin spice latte e o caramelized pecan latte. E já que é pra elevar a glicose prove também as sobremesas com caramelo, canela e nozes…mano do céu…além de serem deliciosas, rendem fotos meigas pro Instagram. #outono #dublin #fall “autumnfeelings #meseguenoIG

Agora se você curte mais tomar umas e outras, vem cá amigo, tenho boas notícias: experimente o Mulled Wine e a Pumpkin Beer.

Curta os festivais: Bram Stoker e Haloween

O criador do Drácula é dublinense (dubliano?), por isso a cidade promove um festival macabro/medonho/não gosto dessas coisas de 27 a 30 de outubro. Aliás, essa é a semana mais micareta de todo o outono , já que o Halloween em Dublin é um fervo só. Masssss atenção: reserve e/ou chegue cedo para garantir seu lugar no night club (especialmente se for o Howl at the Moon, o mais concorrido pela população brazuca de Dublin). Um prévia da “tranquilidade” que é andar na rua nesse dia:

Abóboras everywhere

No Fallon & Byrne, que é uma mercearia gourmetizada, você pode conhecer todo tipo de abóbora e inclusive tentar adivinhar o peso da maior delas para ̶g̶a̶n̶h̶a̶r̶ ̶u̶m̶ ̶m̶i̶l̶h̶ã̶o̶ ̶d̶e̶ ̶r̶e̶a̶i̶s̶ ̶e̶m̶ ̶b̶a̶r̶r̶a̶s̶ ̶d̶e̶ ̶o̶u̶r̶o̶ ̶q̶u̶e̶ ̶v̶a̶l̶e̶m̶ ̶m̶a̶i̶s̶ ̶d̶o̶ ̶q̶u̶e̶ ̶d̶i̶n̶h̶e̶i̶r̶o̶ ganhar uma refeição para dois. Quanto vocês chutam na abóbora abaixo? Alerta de spoiler: Se for seu dia de azar pode ser que encomtre as caras de Hillary e Trump nas abóboras. O mercado que rola às quartas e domingos no Temple Bar também costuma trazer exemplares outônicos para você conhecer melhor o reino vegetal. #govegan

Passeie e Fotografe cada milímetro do outono em Dublin

Não perca uma folha caindo. Vá aos parques, War Memorial Gardens, Phoenix Park, todos o que puder. O meu roteiro especial é o seguinte: comece pelo St. Stephen’s Green, siga pela Leeson Street e termine com o pôr do sol e os cisnes de Portobello. No caminho, além das colorideséééézimas portas georgianas, há fachadas com plantas trepadeiras camaleônicas exibindo uma paleta de tons terrosos maravilhosa. Imperdível!

Curtiu? Conta pra geral que tem um bloguezinho de quinta com dicas de Dublin e siga-nos nas redes sociais pra não perder nadica.

Veja também nosso outros roteiros da Irlanda aqui.

Bom outono!

Boa primavera (se você está no hemisfério sul)!

RESERVE AQUI

Esse post foi útil para você? Que tal fazer as suas reservas com os parceiros do blog?

É a melhor forma de contribuir com o meu trabalho. Eu ganho uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso.

Obrigadaaaa! Só clicar nos ícones abaixo – e ainda aproveitar descontos exclusivos para você, que apoia o blog.

PLANILHA GRATUITA

CURSO DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM

Planeje sua viagem em 8 passos e economize até 70%.

Conheça o passo a passo usado por centenas de viajantes para fugir de ciladas turísticas, parar de jogar dinheiro fora e fazer uma viagem autêntica e confortável para qualquer lugar do mundo.

REDES SOCIAIS


Mari Neubra é especialista em Planejamento de Viagem e criadora do Plano V. Pesquisa e produz conteúdo de viagem para a internet desde 2016. Já ajudou milhares de viajantes a ganharem o mundo com confiança e controle financeiro. O Plano V reúne estratégias testadas ao longo desses anos em mais de 25 países.