O que fazer em Punta Cana fora dos resorts all inclusive

Ah! O Caribe… águas calmas, cristalinas, quentíneas… é tanto lugar incrível que aposto que você também ficou em dúvida: Punta Cana ou Cancún? Aruba ou Curaçao? Então nesse post eu espero te ajudar a decidir se Punta Cana deve ou não entrar no seu roteiro pelo Caribe. E vou além: vou te mostrar o que fazer em Punta Cana fora dos resorts all inclusive.

O que você deve saber antes de ir para Punta Cana

Onde fica Punta Cana

Punta Cana fica na República Dominicana, mas pasme – não fica no Caribe! Eu também fiquei passada quando me dei conta que a costa puntacanense é banhada pelo Oceano Atlântico – aquele mesmo, que a gente tem lá no Brasil.

O mar do Caribe banha apenas o sul da República Dominicana. Quis te avisar isso logo de cara para você não ficar desiludida(o) chegando lá.

Mas não se preocupe, até o final desse post eu vou te mostrar como incluir uma ilha do Caribe no seu roteiro de Punta Cana.

Brasileiros precisam de visto para entrar na República Dominicana?

Não, turistas brasileiros podem ficar até 30 dias sem a necessidade de visto, mas precisam apresentar os seguintes documentos:

E se você quiser fazer a louca como eu e ficar mais de 30 dias, será cobrada uma taxa de estadia prolongada no aeroporto, proporcional ao tempo de permanência.

Essa taxa é de 2,500 DOP (aproximadamente US$50) por até dois meses adicionais. Ela é paga na partida, no balcão de imigração, após o check-in e a passagem pela segurança.

Pois é, depois do meu roteiro de 7 dias em Punta Cana eu fiquei mais 1 mês saracotiando pela República Dominicana pois sou dessas. 

Apesar do seguro viagem não ser obrigatório para entrar na República Dominicana, eu recomendo muito que você não viaje sem seguro. Eu mesma tive que usar o meu antes mesmo de chegar lá.

Vou contar de forma resumida: um dos meus voos atrasou e com isso eu perdi o meu voo de conexão para Punta Cana. Tive que comprar uma nova passagem de última hora e ter gastos com hospedagem e transporte que a cia aérea não bancou – como em 99% dos casos.

Como eu tinha o seguro IATI Grandes Viajantes (pois estava dando uma volta ao mundo), reuni todos os documentos e pedi reembolso por esses gastos todos. Recebi 600€ duas semanas depois. Diz aí se não valeu a pena?

Agora se eu tivesse viajado sem seguro, estaria até hoje esperando a cia aérea me reembolsar.

CONTRATE SEU SEGURO VIAGEM COM 5% DE DESCONTO AQUI

Qual a moeda usada na República Dominicana?

O peso dominicano – e olha que é um peso pesado. US$ 1 equivalia a 55 DOP quando eu fui, em outubro de 2022. Mas não se iluda, o país é caro!

Os preços nos mercados são umas 3x mais caros que na Europa – isso me chamou atenção pois morei 5 anos em Lisboa e levei um choque na primeira compra. 

Também é possível usar dólares para pagar quase tudo mas a cotação sempre vai ser a pior possível, não compensa.

Qual a melhor época para ir pra Punta Cana?

Eu fui no final de outubro que é também o final da temporada de furacões. Bem ousada, eu sei.

Lado bom: estava tudo vazio, o clima estava quente e os preços de hospedagem bem baratos.

Lado ruim: choveu dia sim, dia não, porém não chegou a atrapalhar os passeios – já que as pancadas de chuva eram espaçadas e teve bastante sol também.

Resumindo:

De dezembro a abril o tempo fica firme, é sol na lata todo dia – também conhecido como alta temporada. Isso mesmo, a alta temporada de Punta Cana é no inverno.

De maio a novembro tem de tudo, calor bagarai no verão, chuva, furacão… mas pode haver dias bons como os que eu peguei, é contar com a sorte.

Punta Cana é seguro?

Em geral sim, mas Punta Cana tem uma coisa que eu não curti: dentro dos resorts é luxo e ostentação e fora tudo é bem degradado. Tudo o que se vê são obras e mais obras e os trabalhadores haitianos sendo levados de um lado pro outro. E moto! Eita lugar pra ter moto!

Se você não está acostumada(o) a se enfurnar nos bairrões quando você viaja, pode se chocar um pouco e ficar com uma sensação de insegurança – mas acredite, a taxa de criminalidade é quase nula.

Punta Cana foi literalmente criada para receber turistas, existe ali um sistema muito bem estruturado para quem nada aconteça a turista algum – se é que você me entende.

Onde ficar em Punta Cana: melhores resorts

Óvbio que se você está de férias e quer passar alguns dias enchendo o rabicó de comida e fazendo vários nada, o resort all inclusive é o seu lugar. Selecionei alguns dos melhores resorts em Punta Cana para você:

Resort em Punta Cana para quem viaja com crianças: Nickelodeon Hotels & Resorts Punta Cana

Resort All Inclusive em Punta Cana para quem quer agito: Hard Rock Hotel & Casino Punta Cana

Melhor resort em Punta Cana para Adultos: Barceló Bávaro Beach

O resort preferido dos turistas: Iberostar Grand Bavaro Hotel

Onde ficar em Punta Cana fora dos resorts

Não tem como! Não existe a cidade de Punta Cana, ela é um amontoado de resorts com um aeroporto no meio – mais uma desilusão, eu sei.

Se você quiser se hospedar fora de um resort, tem que ficar em Bávaro, que é onde há supermercados, bancos, lojas e até um shopping.

Nós ficamos no Villa Florência Bavaro – um apartamento simples, mas muito espaçoso e a apenas 3 minutos da praia. O ponto de melhoria nele é a cozinha, que poderia ser melhor equipada. Porém tenho que falar sobre o proprietário, o Cláudio – um ser humano fora do normal.

Vou até contar um causo: Punta Cana foi o primeiro destino da minha viagem de volta ao mundo. Tinha acabado de me desfazer do meu apartamento em Lisboa e tive vários contratempos até chegar em Punta Cana. O Cláudio foi super solícito, atencioso, parceiro mesmo – fazendo por nós muito mais do que um anfitrião faria. Ele viveu muitos anos viajando pela África e Américas e trocamos altos papos de viagem. Por isso, não poderia deixar de recomendar o apartamento dele.

Para se hospedar no Villa Florência Bavaro e conhecer o Cláudio, clique aqui

Uma outra ótima opção é o Costa Atlântica Punta Cana

O The Corals Punta Cana também tem ótima localização e avaliação

O que fazer em Punta Cana fora dos resorts all inclusive

As melhores praias de Punta Cana

Se você não está em um resort, é na costa de Bavaro que você vai encontrar as melhores praias de Punta Cana como El Cortecito, Arena Blanca e Arena Gorda.

Agora, a praia mais bonita de Punta Cana é a Playa Macao, que fica a uns 20 minutos de Bavaro de carro.

Aliás, esse é um ponto importante: para ter mais mobilidade, você vai precisar de um carro.

O transporte público de Bavaro é feito pelas guaguas, que são tipo aquelas vans do Rio de Janeiro que andam com a porta aberta e um cara gritando o nome dos bairros: “Alô, Tijuca, Jacarapeguá…”. Cada trecho custa US$1 e os horários são aleatórios. Também não existe ponto de ônibus, eles te pegam e te largam onde você quiser. Eu morri quando descobri isso.

Se não quiser se aventurar nas guaguas dominicanas, clique aqui para alugar um carro.

Hoyo Azul: não pode faltar no seu roteiro de Punta Cana

Pense em uma caverna cheia de água cristalina com um azul profundo. Esse é o Hoyo Azul, que fica dentro do Scape Park Cap Cana – um parque para amantes de natureza e sem dúvida a minha atração preferida dessa viagem. Infelizmente não dá pra conhecer o Hoyo Azul sem pagar a entrada do Scape Park.

Scape Park Cap Cana: a melhor atração de Punta Cana para a família

O Scape Park fica em Cap Cana e oferece transfer de/para a hospedagem para todos os visitantes.

A entrada para o Scape Park custa em torno de US$125 e vale cada centavo. Clique aqui para garantir seu ingresso com transfer.

Além do Hoyo Azul, há uma infinidade de atrações:

Isla Saona: melhor ilha no Caribe perto de Punta Cana

Lembra que eu te prometi um mergulho no Caribe no início do post? Então, pra isso é preciso ir até a costa sul dessa região. E eu te recomendo que vá até o porto de Bayahibe. É de lá que saem os barcos para a paradisíaca Isla Saona.

Você pode optar por dirigir até lá e pegar um barco ou fazer como eu: fazer um tour saindo de Punta Cana, que é bem mais prático.

Eu fui com a Caribbean Route e adorei a experiência. Nos buscaram e deixaram na hospedagem, foram pontuais e os guias são super gente boa. Para reservar esse tour com eles clique aqui.

Além disso, esse tour inclui uma parada para mergulho na piscina natural de La Palmilla, bebidas e um buffet de almoço na ilha que estava uma delícia.

Tour de Buggy: a atração mais raiz de Punta Cana

Esse aqui é pra quem não tem frescura e quer conhecer a zona rural de Punta Cana. Isso porque você vai embarcar em um buggy todo trabalhado no tétano e fazer um verdadeiro rally por um lamaçal passando por vilarejos e conhecendo as comunidades locais.

Vá com aquela roupa de esportes mais velha que você tiver e sapatinhos de água – nada ficará intacto. Muita gente usa bandana também pra proteger o rosto da poeira.

Você fica o suco da imundice, mas o rally termina em um sítio do pica pau amarelo onde há uma ducha e uma caverna com água cristalina pra você mergulhar e esquecer que um dia esteve na lama. 

Depois de um mergulho na caverna, rola ainda degustação de café e cacau, demonstração de artesanato local e fabricação de charutos.

Pergunta seu eu gostei? Claro! Qualquer coisa diferentona me diverte. Se você acha que esse tour é a sua cara, clique aqui para garantir sua vaga.

Ojos Indígenas

Tá aí uma atração que a gente não foi mas recomenda. Os Ojos Indígenas ficam dentro de uma reserva natural com trilhas e nada menos que 12 lagoas. 

Obviamente não sou eu. Fonte: godominicanrepublic.com

E porque não fomos? São 30 minutos de carro para chegar lá. Alugar um carro não custa menos de U$50 a diária – e o aluguel mínimo é de 2 diárias. Adiciona aí gastos com gasolina e o mergulho nos Ojos não ia sair por menos de 120 doletas. Não, obrigadan, já tinha mergulhado bastante nas cavernas do Scape Park.

Mas se você estiver de carro, vale a pena ir.

Quantos dias ficar em Punta Cana

Minha sugestão:

  • 2 dias para fazer vários nada
  • 1 dia para divar na Isla Saona
  • 1 dia para se jogar nas atrações do Scape Park
  • 1 dia para conhecer a Macao Beach/Ojos Indígenas e/ou fazer passeio de buggy

Como você pode ver um roteiro de 5 dias em Punta Cana é o ideal, não precisa mais do que isso.

Quanto custa viajar para Punta Cana

Alguns valores de outubro de 2022, só pra você ter noção:

*não alugamos carro pois todos os tours já incluíam transfer, então não achamos necessário.

Em geral, é um destino caro por praticamente não ter atrações gratuitas (a não ser as praias de Bavaro).

Por outro lado, é um bom destino para quem não quer pensar em nada e só embarcar nos tours pra lá e pra cá – talvez por isso seja tão popular.

Eu curti muito mesmo não sendo exatamente o meu perfil de destino – felizmente eu continuei desbravando a República Dominicana e descobri outros lugares que têm mais a ver comigo – mas isso é assunto pra outro post.

Espero que esse aqui te ajude a planejar sua viagem. Não esqueça de usar os links acima quando for fazer suas reservas para dar aquela força pra blogayra aqui – você não paga nada a mais por isso!

Um abraço,

Mari

Compartilhe:

RESERVE AQUI

Esse post foi útil para você? Que tal fazer as suas reservas com os parceiros do blog?

É a melhor forma de contribuir com o meu trabalho. Eu ganho uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso.

Obrigadaaaa! Só clicar nos ícones abaixo – e ainda aproveitar descontos exclusivos para você, que apoia o blog.

PLANILHA GRATUITA

CURSO DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM

Planeje sua viagem em 8 passos e economize até 70%.

Conheça o passo a passo usado por centenas de viajantes para fugir de ciladas turísticas, parar de jogar dinheiro fora e fazer uma viagem autêntica e confortável para qualquer lugar do mundo.

REDES SOCIAIS


Mari Neubra é especialista em Planejamento de Viagem e criadora do Plano V. Pesquisa e produz conteúdo de viagem para a internet desde 2016. Já ajudou milhares de viajantes a ganharem o mundo com confiança e controle financeiro. O Plano V reúne estratégias testadas ao longo desses anos em mais de 25 países.