10 coisas que aprendi após 1 ano em Portugal

Morar em Portugal
1) O Manuel da padaria não existe

Eu sei, eu sei, todo mundo adora um estereótipo, mesmo sabendo que a gente não deveria. 😓 Quando se fala em Portugal sempre surge um tio da família imitando o Manuel da padaria e a gente fica com vontade de se esconder embaixo da mesa. 😒 #parem morar em Portugal

Pois eu tenho uma notícia pra vocês: o estereótipo do Português de bigode falando “Ora pois” a cada 5 minutos não representa a população portuguesa. Na verdade eles são bem diferentes disso, mas sim, adoram uma padaria….e sim, muitos têm bigode…e sim, falam “pois” mas prepare-se porque os portugueses são bem mais do que isso.😎

2) Tá de parabéns, Portugal!

Que país lindo! Meo Deos! Aqui tem de um tudo: algumas das praias mais exuberantes do mundo, ilhas paradisíacas, serra nevada, rios preservados, vales vinícolos e muito mais. Eu fico pensando com pode caber tanta diversidade em um território tão pequeno? Sim, porque Portugal é um pouco menor que o estado de Pernambuco – tem só 92 km².😞 E além de caber todas essa belezuras naturalezes, cada cidade tem sua identidade e patrimônio muito bem preservados. 👏👏

Não surpreende que o turismo não pare de crescer e que tanta gente queira morar por essas bandas.

3) Tá tranquilo, tá favorável

O ritmo em Portugal é mais devagar. Tem muitos lugares que fecham 2h durante o almoço porque eles não são obrigados a almoçar com pressa. 😌E aí, já que é pra almoçar com calma, já toma uma(s) taça(s) de vinho(zes), né? 🍷E já que toma uma taça bebe a garrafa de vinho toda né, non?🍾🍷🍷🍷
Outro costume por aqui é fechar os estabelecimentos durante todo o mês de Agosto. Até porque férias escolares e verão não combinam com trabalho. “Fecha essas portas e bora viajar!” eles disseram (com outras palavras e sotaque português, obviamente). Inacreditável mas é verdade.

4) Doces secretos de leite e ovos

Atenção: esse parágrafo não é recomendado para pessoas com tendência à diabetes.
Nossa Senhora da Insulina, como tem doce nessa Portugal!! É pastel de Belém, bola de Berlim, torta de Azeitão, travesseiro de Sintra, ovos moles de Aveiro….isso mesmo todos com nome e sobrenome.😎 morar em Portugal

doces típicos portugal

Uma coisa que me intriga é que 92% desses doces são feitos com ovos, leite, açúcar e mais nada (dados não confirmados) e mesmo assim cada um tem um sabor diferente. Como isso é possível? Adoraria entrar na cozinha de uma pastelaria (sim, pastéis = doces) e descobrir o segredo dessa bruxaria, mas as receitas aqui são guardadas à sete chaves por uma simpática velhinha tuga que não vai hesitar em dar na sua cara caso você tente roubá-las. 😟Ahhhhh…😓

5) Comilança saudável

Eu sei, colocamos a sobremesa antes porque somos desses. Vamos agora à comida: peixe, frutos do mar, verduras, sopas, carnes…tudo regado no azeite. Regado não, mergulhado.

Morar em portugal

Não vamos esquecer dos meus bons vinhos que acompanham todas as refeições e do cafezinho expresso que fecha a conta e passa a régua.

bolinho de bacalhau

Mas o ser humano comum pensa: “será comer e beber com tamanha protuberância todos os dias faz bem?” Considerando que a expectativa de vida por aqui é 77 anos para os homens e 83 para as mulheres, acho que sim né? Assim sendo, desce mais vinho!😀🍷🍾

Ok, ok, tenho que falar também de umas esquisitices, tipo comer caracóis no verão. #não,obrigada e uns pratos feitos com tripa de formas que até Deus duvida.#creindeuspai morar em Portugal

comida em Lisboa

6) Momentos de tensão

O povo português é questionador. Gosta dos pingos nos is e tudo nos mínimos detalhes.🤔 Daí se estiver alguém mijando fora do penico é treta na certa. 😬 Prova disso são as brigas diárias que a gente presencia nos transportes públicos. A coisa começa com “fale baixo no telemóvel que o senhor não está na sua casa” e termina no “O senhor é um estúpido, isso sim!”. 😓 Isso em um dia  tranquilo.
Entretanto conversando com amigos portugueses eles me explicaram que nada disso é briga, trata-se de uma conversa “normal” pra decidir quem está com a razão. E estar com a razão é bem importante por aqui! 😕Assim sendo, eles prolongam a “conversa” até alguém ceder, sem meias palavras, falando tudo na lata.#medo
A gente que é cheio dos não me toque e prefere evitar conflito fica bem assustado. Dá vontade de abrir um buraco no chão e se jogar lá dentro igual à uma tartaruga ninja pra não sobrar pra você.morar em Portugal

7) Memória de elefante

Uma coisa admirável é a capacidade cerebral dos portugueses. Sério, eles têm que ser estudados. Eles sabem datas e dados inimagináveis. Sabe quando você quer falar pro seu amigo de um filme e não lembra o nome nem do filme, nem do ator principal, nem de nada? #eusempre #aiquenervoso 🙈 Pois eles sabem o ano, o diretor, em que outros filmes o ator participou…e isso serve pra qualquer tema: política, esporte, religião…é bizarro.👏👏

8) Uma nação poliglota

Todo mudo fala inglês. Eu repito: t-o-d-o  m-u-n-d-o. 71,8% das pessoas com idade entre os 18 e os 64 anos afirmaram conhecer outra língua. #choquei Inglês, francês e espanhol são as mais faladas, além do português de Portugal que pra gente conta como língua estrangeira também.
Vou até fazer um adendo: nos primeiros meses morando aqui nós brazucas não entendemos nada! É um tal de lixívia, esferovite, contumácia, autocolante…e milharezes de outras palavras  e conjugações verbais que a gente nunca ouviu. Sem contar os pronomes: ser-lhe-ia, enviar-lhe-ei, vamos-nos-los-vos….afe! Agora junta isso tudo e mistura com o sotaque português. Lascou-se! Se estiver ao telefone com um português então…esquece! Fim do adendo. Voltando à nossa lista…morar em Portugal

9) Segurança nunca dantes vista

Taí uma coisa que todo mundo busca nos dias de hoje: segurança. Isso a gente vê por aqui. Dá gosto de ver os velhinhos sacando a aposentadoria no caixa eletrônico e contando o dinheiro na rua com toda a tranquilidade do mundo. Dá até um acalento na alma. Por outro lado vai dando um nervoso de origem brasileira e a gente fica com vontade de proteger aquele velhíneo que é pura ousadia. Na verdade tá tudo certo, já cansei de andar de madrugada na rua com celular sem o menor esboço de perigo. Isso não tem preço. Ponto pra Portugal!

10) A cara da riqueza

A cara da riqueza não é Portugal. Descupa aí. #tragoverdades Talvez mais pro norte, Dinamarca, Noruega e adjacências. Tô falando isso porque pra muitos Europa é sinônimo de ostentação, só que Portugal tem um dos salários mínimos mais baixos da Europa. Mas não fique triste, quiridôncio, não quer dizer que não dá pra encontrar seu lugar ao sol. Dá sim, aqui tem sol 300 dias ao ano – veja minhas fotos solares no Instagram.  Continuando… o que eu eu quero dizer é que como em todo lugar, em Portugal também tem que se batalhar e não há receitas mágicas.  Há entretanto o meu canal no Youtube com algumas dicas.😂No mais, aproveite Portugal morando ou passeando, há muito a aprender e curtir por aqui. morar em Portugal

Vai pra Portugal? Veja aqui minhas sugestões de hospedagem e passeios ↓ Ao comprar usando os links abaixo você me ajuda a pagar os boletos. 😎

PROMOÇÕES DO BOOKING EM PORTUGAL:
Booking.com

 

TOURS E INGRESSOS PARA CURTIR PORTUGAL SOSSEGADO:

 

ACOMPANHE MAIS DICAS DE PORTUGAL NO YOUTUBE:

RESERVE AQUI

Esse post foi útil para você? Que tal fazer as suas reservas com os parceiros do blog?

É a melhor forma de contribuir com o meu trabalho. Eu ganho uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso.

Obrigadaaaa! Só clicar nos ícones abaixo – e ainda aproveitar descontos exclusivos para você, que apoia o blog.

PLANILHA GRATUITA

CURSO DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM

Planeje sua viagem em 8 passos e economize até 70%.

Conheça o passo a passo usado por centenas de viajantes para fugir de ciladas turísticas, parar de jogar dinheiro fora e fazer uma viagem autêntica e confortável para qualquer lugar do mundo.

REDES SOCIAIS


Mari Neubra é especialista em Planejamento de Viagem e criadora do Plano V. Pesquisa e produz conteúdo de viagem para a internet desde 2016. Já ajudou milhares de viajantes a ganharem o mundo com confiança e controle financeiro. O Plano V reúne estratégias testadas ao longo desses anos em mais de 25 países.