Os lugares mais Instagramáveis de Lisboa

Lisboa o que fazer

Quem nunca decidiu viajar para um determinado lugar depois de ver uma foto no Instagram?

Estudos indicam que 40% dos viajantes com menos de 30 anos priorizam viagens para lugares Instagramáveis na hora de escolher o próximo destino. Deve ter sido por isso que a estranha palavra Instagramável, prima da inglesa Instagrammable foi criada… a que ponto chegamos!

Coincidência ou não, o turismo de Lisboa, a capital com mais dias de sol da Europa, só faz crescer. Segundo especialistas a luz da capital portuguesa é maravilhosa para fotografia e o cenário é pura #inspiração.

Pois eu que moro em Lisboa e não resisto, fotografo tudo o que vejo pela frente e ainda faço o boy me fotografar também. #pobrehomem

Assim sendo, selecionei os melhores lugares para fazer fotos de Lisboa que vão bombar no Instagram – aliás, já aproveita e #mesegue que eu #sigodevolta.

1. Alfama

É o bairro mais antigo e mais pitoresco de Lisboa. Os amantes de azulejos piram!

Não há como passar pelas ruelas dessa vila no coração da cidade de Lisboa e não fazer um ensaio fotográfico com TODAS as portas e azulejos. Tarefa fácil para quem é Instagrammer e difícil para quem tem que fazer as 64748 fotos da criatura.

Aliás para quem ama azulejos vale à pena visitar também o Bairro Alto e a Mouraria.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma publicação compartilhada por Viajante Sincera (@viajantesincera) em

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 
 
 
 
 
 

 

 

 

Uma publicação compartilhada por Viajante Sincera (@viajantesincera) em

 

 

Leia mais sobre Alfama: Onde ficar em Lisboa: hotéis e melhores bairros

2. Arte de rua de Bordallo II

Apresento-vos Bordallo II, um gênio português, segundo de seu nome, artista que transforma lixo em obra de arte – literalmente um artista… plástico! #belotrocadilho

Bordallo II é neto do rei das cerâmicas de Portugal: Bordallo Pinheiro. Algumas das criações do Bordallo avô aparecem aqui em cima, na minha primeira foto com os pratos.

Já Bordallo II criou inúmeros animais gigantes feitos de lixo e espalhou-os por Lisboa. Fotos da exposição Big Trash Animals  e a localização de todos os bichos podem ser vistas no site e no Instagram do @bordallo_ii. 

Eu que sou amiga dos animais não posso ver um deles que fico doida, olha só como eles são incríveis!

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 
 
 
 
 
 

 

 

 

Uma publicação compartilhada por Viajante Sincera (@viajantesincera) em

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

Uma publicação compartilhada por Viajante Sincera (@viajantesincera) em

Veja mais lugares para visitar em Lisboa de graça aqui.

3. Avenida da Liberdade

Uma avenida para você divar e fazer fotos maravilhosas nas quatro estações!

A Avenida da Liberdade é uma chiqueza só, no outono fica coberta de folhas e no inverno tem uma decoração de natal digna da Champs Elysee.

No final dela fica a Praça Marquês de Pombal onde há um mega mercado de Natal com pista de gelo e tudo!

 

 

 

 

 

 

 

 
 
 
 
 
 
 

 

 

 

Uma publicação compartilhada por Viajante Sincera (@viajantesincera) em

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 
 
 
 
 
 

 

 

 

Uma publicação compartilhada por Viajante Sincera (@viajantesincera) em

 

4. Ponte 25 de Abril

Um ícone que garante imagens de Lisboa que lembram muito San Francisco. Um ótimo local para fotografar em Lisboa caso de você ainda não conheça a Golden Gate Bridge, assim já aproveita e mata dois coelhos com uma cenoura só.

Leia mais: 10 fatos bizarros sobre San Francisco

Com um total de 2,277 metros, a Ponte 25 de abril é a vigésima maior ponte suspensa do mundo, o que nos garante inúmeros ângulos às margens do rio Tejo.

 

 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Viajante Sincera (@viajantesincera) em

5. Lx Factory

Desconheço lugar mais descolado em Portugal. A LX Factory está instalada na vila de uma antiga fábrica têxtil e respira arte. Lá há inclusive, uma abelha gigante de Bordallo II. 

As lojas e cafés são uma graça mas é a Livraria Ler Devagar que rouba a cena. Já foi considerada uma das livrarias mais incríveis do mundo.

 

 

 

6. MAAT

Esse local para fotografia em Lisboa é ideal pra você que ao invés de entrar no museu e sair mais culto só vai bater foto da fachada. Tsc, tsc, tsc…

Ok, ok, fiz exatamente isso no Louvre em Paris, mas só porque ele é tão grande que é preciso uma vida inteira para visitá-lo então só fiz foto com a fachada mesmo. 

Mas voltando à Lisboa, Portugal… no MAAT você vai fazer fotos incríveis do pôr-do-sol em Lisboa.  A arquitetura super moderna desse museu tem um quê de Oscar Niemayer apesar dele não ter nada a ver com isso, a arquiteta responsável chama-se Amanda Levete que me lembra Ivete mas que também não tem nada a ver com isso.

Ele fica em Belém e faz um contraste com os demais pontos turísticos de mil novecentos e lá vai bolinha que estão nos arredores tipo o Mosteiro dos Jerônimos e a Torre de Belém.

 

 

Caso decida visitar o MAAT e outras atrações em Lisboa, adquira aqui o Lisboa Card.

7. Village Underground

O irmão mais novo da LX Factory. Confesso que não há muito o que fazer lá a não ser subir e descer nos containers que estão empilhados uns em cima dos outros… mas no quesito fotografia é mil vezes melhor que a LX Factory pois está sempre vazio.

É só chegar que é tudo nosso! Aqui há zero japoneses tirando foto. De quantos lugares no mundo nós podemos falar isso? Bora aproveitar!

 

 

 
 
 
 
 

 

Uma publicação compartilhada por Viajante Sincera (@viajantesincera) em

 

8. Casa do Alentejo

Raramente alguém que planeja o que fazer em Lisboa inclui a Casa do Alentejo. Isso porque ela fica escondidinha na Rua Portas de Santo Antão e todo mundo passa batido.

Assim que você entra fica sem entender de onde saiu um pátio marroquino bem no centro de Lisboa. É sem dúvida um tesouro escondido da turistada.

No subsolo há ainda uma taverna e no segundo piso um restaurante.

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 
 
 
 
 
 

 

 

 

Uma publicação compartilhada por Viajante Sincera (@viajantesincera) em

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 
 
 
 
 
 

 

 

 

Uma publicação compartilhada por Viajante Sincera (@viajantesincera) em

 

Gostou do post? Quer acrescentar mais alguns lugares? Deixe aqui nos comentários!

Vem pra Lisboa e quer conhecer esses e outros lugares secretos? Faça um tour comigo!

Reservas em Lisboa

Já tem tudo o que precisa para sua viagem para Lisboa? Faça suas reservas por aqui e ajude o blog a crescer!

Apresento-lhes os meus parceiros, empresas confiáveis e ma-ra-vi-lho-sas que eu uso durante as minhas viagens e portanto posso recomendar de olhos fechados – mas que prefiro recomendar de olhos abertos.

Toda vez que você faz uma reserva por qualquer link do blog, você me ajuda a continuar escrevendo esse monte de conteúdo gratuito para facilitar a vida dos viajantes. O valor é pra vocês é o mesmo, a diferença é que eu recebo uma pequetita comissão, e assim como de grão em grão a galinha enche o papo, de comissão em comissão eu pago meus boletos.

Muiiiiiito obrigada!








Até o próximo post!

Mari
@viajantesincera

RESERVE AQUI

Esse post foi útil para você? Que tal fazer as suas reservas com os parceiros do blog?

É a melhor forma de contribuir com o meu trabalho. Eu ganho uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso.

Obrigadaaaa! Só clicar nos ícones abaixo – e ainda aproveitar descontos exclusivos para você, que apoia o blog.

PLANILHA GRATUITA

CURSO DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM

Planeje sua viagem em 8 passos e economize até 70%.

Conheça o passo a passo usado por centenas de viajantes para fugir de ciladas turísticas, parar de jogar dinheiro fora e fazer uma viagem autêntica e confortável para qualquer lugar do mundo.

REDES SOCIAIS


Mari Neubra é especialista em Planejamento de Viagem e criadora do Plano V. Pesquisa e produz conteúdo de viagem para a internet desde 2016. Já ajudou milhares de viajantes a ganharem o mundo com confiança e controle financeiro. O Plano V reúne estratégias testadas ao longo desses anos em mais de 25 países.