Dicas infalíveis para viajar gastando pouco

Viajar gastando pouco é o sonho de muita gente. Aliás, nunca se ouviu falar tanto sobre pessoas que “largaram tudo para viajar o mundo”. Algumas delas ainda criam blogs e canais no Youtube de quinta categoria. #mesegue Mas não estamos aqui para falar de mim. Estamos aqui para mostrar que isso só é possível através de planejamento e disposição para economizar. A maioria dos viajantes/influencers/youtubers/instagramers/blogueiros/eu/me segue afirmam que economizam cada centavo ainda que nas redes sociais pareça que “somos” todos riquezéssimos.  Então vamos ao caminho das pedras:

1. Não seja chato
Caso esse seja o seu caso, vá para outro post. Temos váááários. Escolha aqui:
Roteiro imperdível para curtir o outono em Dublin
7 tipos de viajantes que irritam outros tipos de viajantes
5 destinos para amantes de cerveja

Viajar sem grana inclui sofrência abdicar do conforto, então se não estiver disposto à isso, é melhor pegar sua mala da Louis Vuitton e voar pra Mônaco. #tragoverdades Sendo sincera, eu também prefiro uma viagem pra Cancún com all inclusive mas…nem sempre é possível, então esse post é dedicado para os momentos em que a vontade de conhecer o mundo é muito maior do que a conta bancária. #sempre

2. Hospede-se de graça
Só no couchsurfing há mais de 400.000 pessoas dispostas à cederem um pedacinho da sua humilde residência para que você passe algumas noites sem pagar nadica! Isso mesmo: de graça, free! #quero Mas não pense que é farra do boi não. O intuito da plataforma é integrar viajantes e locais promovendo a mistura do Brasil com o Egito a troca cultural. Por isso você tem que criar um perfil detalhado e vender seu peixe. A partir disso pode solicitar a estadias e quem for com a sua cara vai então te receber.  Eu já fiz couchsurfing em Londres e foi uma das melhores viagens da vida! Veja aqui. #recomendo 

Uma outra opção que não sai de graça mas é bem econômica é alugar um apartamento   ̶e c̶o̶l̶o̶c̶a̶r̶ ̶1̶5̶ ̶p̶e̶s̶s̶o̶a̶s̶ ̶d̶e̶n̶t̶r̶o̶ . Para ter uma ideia do tamanho da economia, dê uma olhada na página de apartamentos do nosso querido parceiro Booking.

Escolha o apartamento que mais lhe agrada e me agrade pois caso você complete a reserva eu ganho uma singela comissão. 

3. Apps e sites locais
Hoje em dia há App pra tudo né, non? Desde guias de viagem, até o Google Trips, até cupons de desconto para eventos e restaurantes. Com os Apps certos você pode ir além da experiência turística e curtir a cidade como se morasse lá há tempos. #falsiane Em Dublin, por exemplo, há um app chamado Publin onde você encontra a programação dos pubs locais em primeira mão, o que significa que pode encontrar muita coisa grátis, beber mais que o necessário e curtir aquela ressaca que vai inutilizar o seu dia seguinte – um oferecimento #engov

4. Transporte inteligente
Economize com o Bla Bla Car: é um site de caronas fantástico do qual já falei aqui. Fora isso, opte por passes de transporte diário daqueles que dão direito a utilizar ônibus, metrô, trem, charrete,… Se estiver com disposição alugue uma bike e vá conhecer a cidade por outro ângulo: o ângulo de quem está claramente na pindaíba. Veja aqui como é divertido! #ounão

Entretanto não há diversão maior que fazer aquela viagem de 30 horas de carro com os amigos e rachar a gasosa. Para isso conte com a RentCars que cobre qualquer oferta no quesito aluguel de carro que destruirá sua amizade.

5. Comilanças planejadas
Já saia para o passeio com um kit de sobrevivência: frutas, sanduíche, barra de cereal, água, suco, um frango assado, farofa…não, péra…  Andar com uma singela marmita de 3kg garante a combinação perfeita entre saúde e economia. Chegando a hora de comer igual à um pedreiro almoçar, pergunte aos comerciantes quais são as opções no perímetro. Eles sabem o que dizem, comem por ali todo dia. Comida de rua também costuma ser uma ótima opção mas é preciso redobrar a atenção porque 9 das 10 vezes em que passei mal viajando foi em uma dessas barraquinhas que nunca viu uma vigilância sanitária.
Uma outra dica é o Zomato,  o site  já exibe no perfil do restaurante a média de preço para duas pessoas. #gosto

Acima um dos lugares mais baratos para comer em uma das cidades mais caras do mundo. Camden Lock em Londres.

6. Seja minimalista
Viaje leve, não compre milhares de souvenirs e assista esse vídeo que vai te ajudar a incorporar esse estilo de vida:
PS.: Inscreva-se no canal o/ e ajude uma filhote de YouTuber. Amém!

RESERVE AQUI

Esse post foi útil para você? Que tal fazer as suas reservas com os parceiros do blog?

É a melhor forma de contribuir com o meu trabalho. Eu ganho uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso.

Obrigadaaaa! Só clicar nos ícones abaixo – e ainda aproveitar descontos exclusivos para você, que apoia o blog.

PLANILHA GRATUITA

CURSO DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM

Planeje sua viagem em 8 passos e economize até 70%.

Conheça o passo a passo usado por centenas de viajantes para fugir de ciladas turísticas, parar de jogar dinheiro fora e fazer uma viagem autêntica e confortável para qualquer lugar do mundo.

REDES SOCIAIS


Mari Neubra é especialista em Planejamento de Viagem e criadora do Plano V. Pesquisa e produz conteúdo de viagem para a internet desde 2016. Já ajudou milhares de viajantes a ganharem o mundo com confiança e controle financeiro. O Plano V reúne estratégias testadas ao longo desses anos em mais de 25 países.