Como juntar dinheiro para viajar em 6 passos

Já está de olho nas suas próximas férias e quer saber como juntar dinheiro para viajar? Nesse post eu vou te mostrar algumas ferramentas para fazer o dinheiro aparecer e render mais.

Com essas estratégias, você vai poder viajar mais e melhor não só agora, mas todos os anos – e eu vou te ajudar nessa missão.

Você deve estar se perguntando “Quem é essa menina na fila do pão para ensinar essas coisas? Aposto que ela é blogueira e não paga pelas próprias viagens!”, então vim aqui desmistificar isso.

Minhas próprias experiências me ensinaram como juntar dinheiro para viajar

Antes de mais nada, a notícia bombástica é: eu pago por 99,9% das minhas viagens. Por quê? Porque eu tenho um curso de planejamento de viagens, então se eu sair por aí fazendo coisas de graça, como vou ensinar as pessoas a gastarem o próprio dinheiro? Não faz sentido, né?

Outro fato que eu quero compartilhar contigo é que em 2020 eu perdi toda a minha renda por causa da pandemia – eu tinha uma loja e fazia tours em Lisboa. Naquele ano a loja foi fechada, os tours acabaram e eu me tornei a pessoa que ficou sem dinheiro para viajar.

Mesmo com tudo isso, assim que abriram as fronteiras eu viajei muito, fui para sete países em 2021 e viajei por Portugal de norte a sul – todas essas viagens você pode conferir lá no canal:

Mas afinal, se eu estava sem renda, como driblei isso? 

Agora vou te dar o passo a passo para de como juntar dinheiro para viajar. Lembrando que não existe milagre, tudo é estratégia – e também a força de vontade de dizer não para si mesmo para conseguir realizar algo lá na frente. 

1 – Como juntar dinheiro para viajar? Faça o controle dos seus gastos!

Primeira coisa: você sabe para onde vai cada centavo do seu dinheiro? Se não, é importante começar a controlar seus gastos, seja anotando em um pedaço de papel de pão ou em uma agenda. 

Mas eu recomendo que você faça isso em um aplicativo, pois é possível visualizar melhor os dados por meio de gráficos, por exemplo.

Com o controle de gastos, você vai poder parar de dizer que não tem dinheiro quando na verdade só não sabe para onde ele vai. 

Com isso, o que você descobre? Das duas, uma: ou que você tem mais dinheiro do que pensava (o que é uma boa notícia mas ao mesmo tempo significa que você está desperdiçando dinheiro), ou vai descobrir que não tem dinheiro mesmo

Busque alternativas para juntar dinheiro

Caso seja a segunda opção, será preciso conseguir uma nova fonte de renda, seja trocando de emprego ou pedindo uma promoção, de algum lugar esse dinheiro vai ter que surgir. Se o seu dinheiro não é suficiente para suprir o seu básico e sobrar uma margem para o seu lazer, algo de errado não está certo. 

Assim, é importante controlar seus benditos gastos! Baixe o aplicativo — eu uso o Mobills — e comece hoje a anotar quanto você ganha, quanto você gasta e para onde esse dinheiro vai. 

No final do mês, é possível visualizar as categorias e conferir se tem ali um iFood demais, Shein, compras de eletrônicos desnecessários e por aí vai. A ideia é fazer um mapeamento dos seus gastos para entender se você tem ou não dinheiro ao longo do mês.

2 – Se você quer juntar dinheiro para viajar, estabeleça suas prioridades

Uma vez que viajar é uma prioridade para você, é preciso tomar uma atitude. E qual é essa atitude? É olhar para os seus gastos e ver o que pode ser cortado. É pensar “Eu preciso de seis pares de sapatos? Seria eu uma centopeia?”, e a partir daí diminuir os gastos no que for possível.

Além disso, você pode vender coisas que estejam sobrando em casa, que foi o que eu e boy fizemos. Primeiro que energia parada em casa é o ó do borogodó, segundo que é um dinheiro que está ali e pode ser usado para comprar uma passagem, um passeio ou um final de semana em um destino próximo, por exemplo. 

3 – Incentive seus companheiros de viagem a pensar da mesma forma que você

A terceira estratégia é mais difícil, você vai ter que dar uma respirada e pedir uma ajuda aos céus, mas ela consiste em colocar todo mundo no rolê. Se você viaja em família, em amigos, tem que colocar todo mundo no mesmo mindset, no mesmo nível de consciência. 

Em outras palavras: é pegar todo mundo pela mão, fazer uma rodinha domingo de manhã e falar “Olha gente, esse ano vai ser diferente, nós vamos controlar nossos gastos e vamos cortar tudo que for não essencial. Por quê? Para fazermos nossa viagem”. 

E assim você junta ali sua família, seus amigos e faz esse pequeno ritual para fazer com que essas viagens se concretizem mais facilmente. Porque quando todos estão trabalhando juntos, de olho no mesmo objetivo, as coisas ficam mais fáceis. 

Pense como um viajante e aprenda a fazer suas viagens acontecerem

Há vários livros a respeito e existe um autor que fala muito sobre isso que é o Napoleon Hill – e ele fala da importância do pensamento direto. Isso quer dizer que, se você sabe para onde você está indo, fica mais fácil chegar lá. 

como juntar dinheiro para viajar
Meu boy gastadeiro teve que ler toda a coletânia de Napoleon Hill para mudar de mentalidade e juntar dinheiro pra viajar.

Ainda nessa linha de pensamento, se você tem pessoas que vão junto com você para o mesmo lugar, fica mais fácil ainda! Junta todo mundo e você vai ver que as coisas vão deslanchar muito mais rápido. 

4 – Seja estratégico na escolha do seu destino

Em quarto lugar, é importante definir o seu destino com estratégia e pé no chão. Eu não vou falar para você que todo mundo pode ir para as Maldivas, porque isso não é verdade. 

E por quê? Porque toda viagem envolve dinheiros e se a grana está curta, focar nas Maldivas só vai te trazer frustração, é importante voltar para a realidade. O negócio é buscar destinos que sejam mais acessíveis. Essa é a estratégia que eu, Mari, sigo. 

Eu trabalho com viagens há mais de seis anos e não tenho vergonha nenhuma de dizer isso. Então veja bem, eu perdi toda minha renda, busquei outra forma de ganhar dinheiro, chamei o boy para realinhar nossas prioridades de acordo com os nossos objetivos e assim foi. 

Escolha lugares baratos para viajar

Eu não fui para a Suíça (fui só no ano seguinte), não fui para as Maldivas, por exemplo. Mas fui para lugares incríveis, que eu queria ir há muito tempo e que naquele momento eu sabia que conseguiria fazer mais viagens com aquela mesma grana. 

Então para onde eu fui? Turquia e Marrocos, que são lugares extremamente baratos, Hungria que é fantástica e muito acessível. Além disso, conheci Mônaco, que é o país mais caro do mundo, fiquei 12 horas, dei meu close, fiz meu vídeo, mas não dormi.  

E é por isso que eu sou a Viajante Sincera e estou aqui pra te lembrar como é importante ter noção da realidade na escolha do destino. 

Quando não for possível viajar barato pelo mundo, escolha algum destino no seu país

“Ah mas pra você é fácil dizer, você está na Europa, que o euro vale mais e os países estão mais próximos”. Gente, vamos usar o Brasil como exemplo: ele é um país incrível e eu tenho certeza que existe algum lugar exuberante que caiba no seu bolso . 

Seja Maceió, Natal, Foz do Iguaçu ou Curitiba (que é uma cidade incrível e dá de dez a zero em muitas cidades da Europa). Ou mesmo em países próximos como a Argentina, que é fantástica. 

E pra onde quer que for, foque em ter uma experiência maravilhosa. Isto é, não é porque a grana está curta, que você vai para os lugares para passar perrengue! Coloque isso como meta: fazer uma viagem com conforto em lugares em que o seu dinheiro valha mais. 

5 – Tenha em mãos o orçamento da viagem

A quinta tática, que vai te ajudar a convencer sua família com muito mais facilidade é ter pronto o orçamento da viagem.

Se você falar para os seus familiares que vai ser necessário parar de pedir pizza para viajar, mas não souber dizer nem o destino e nem o valor, você não vai convencer nem eles e nem a si mesmo. 

Portanto, é importante levantar o orçamento dessa viagem para saber o que deverá ser feito para que ela aconteça. Desse modo, é possível entender quais despesas serão cortadas e se isso será suficiente, ou se a alternativa é buscar uma renda extra. 

E como é feito o orçamento dessa viagem? Eu tenho uma planilha que, em poucos minutos, te permite organizar um orçamento completo da viagem e ainda, ao final, te mostra quanto de dinheiro você deverá economizar por dia para que ela aconteça no tempo desejado. 

Como juntar dinheiro para viajar com a minha planilha de viagem grátis

Vamos supor que você queira fazer uma viagem para o Chile — que também é caro, não se engane por ser América do Sul — conhecer a neve, esquiar e visitar as vinícolas, por exemplo. 

Em seguida, você levantará todos os gastos necessários, como acomodação, passagem e seguro, tudo isso está disponível na planilha para completar com os valores. 

No final da planilha, existe um campo para inserir a previsão de data da viagem, então é importante organizar com a família e confirmar a data das próximas férias. Com a data definida, a planilha informará qual o valor a ser economizado por dia, em real, euro e dólar. 

Clique aqui para receber essa planilha gratuitamente por email.

Use essas estratégias para aprender a guardar dinheiro para viajar

Com isso eu mãos, eu duvido que você não consiga realizar a viagem que você quer! Por quê? Porque você vai ganhar uma motivação, um gás e vai saber exatamente o que está fazendo, por que está fazendo e por que está dizendo não para prazeres momentâneos.

Em resumo: tudo isso se transformará em momentos maravilhosos no futuro, para você viver com a sua família e amigos. 

Observação: com essa planilha em mãos, você vai ter uma estimativa de valores, o valor grosso que se encontra na internet, que a maioria dos turistas paga para ir para aquele destino.

Viajar barato pela Europa e em família é possível

Claro que existem estratégias para economizar absurdamente, mesmo na Europa. Por exemplo, eu tenho uma aluna do meu curso de planejamento de viagem, o Plano V, cujo marido veio me agradecer, porque eles achavam que viajar para a Suíça era inacessível, especialmente tendo duas crianças. 

Então ela disse “Mari, sabendo as estratégias que eu sei hoje e aprendi contigo, eu consegui economizar e voltei da viagem com dinheiro sobrando! Fui, levei minha família, fomos na neve e fizemos tudo que tínhamos direito”.

Veja bem, eles foram, aproveitaram tudo que foi possível e voltaram com a tranquilidade e paz de espírito de quem não furou orçamento e nem gastou mais do que podia. E olha que estou falando da Suíça, né querids?!

Por que essa viagem econômica foi possível?

Porque ela viu claramente o que precisava ser feito e aprendeu estratégias para economizar, coisas que eu ensino no meu curso. Portanto, se você completar a bendita planilha, vai visualizar os valores e vai ter motivação para agir.

É claro que depois você pode aprender estratégias para fazer com que essa viagem fique até 70% mais barata, que é o que eu faço. Faço isso porque é a minha estratégia para viajar, mesmo não tendo rios de dinheiro. 

Saiba mais sobre o meu curso e as estratégias que vão te possibilitar viajar gastando menos da metade aqui.

6 – Programe sua mente para aprender a juntar dinheiro para viajar

Por último, nunca mais repita a frase “Não tenho dinheiro para viajar”! Sabe por quê? Porque, se você repete, seu ouvido escuta, manda para o seu cérebro, e aí ele vai entender que você não tem dinheiro para viajar e vai ficar em casa o resto da vida. 

Eu não tenho conhecimentos neuro linguísticos, mas estudos comprovam isso, que o que sai da sua boca vai para o seu cérebro – e tudo começa na bendita da cabeça! 

Dito isso, sugiro que você elimine duas frases da sua vida: “Não tenho dinheiro para viajar” e “Passar perrengue é normal”.

Normal para quem, gente? Eu dou valor ao meu dinheiro, sei de onde ele vem, agora pense se eu vou investir o meu dinheiro suado, investir em uma viagem e levar minha família para passar perrengue na terra dos outros? De jeito nenhum!

Se depender de mim, você vai fazer seu dinheiro render muito e viajar esse mundo inteirinho sem passar perrengue.

Espero que esse texto tapa na cara sincero tenha sido útil para você, porque é bom até para mim, já que sou um ser humano normal e às vezes também tenho que me lembrar das minhas prioridades…

Quer saber mais estratégias para fazer sua grana render? Veja o vídeo abaixo:

Até a próxima!

Mari

Compartilhe:

RESERVE AQUI

Esse post foi útil para você? Que tal fazer as suas reservas com os parceiros do blog?

É a melhor forma de contribuir com o meu trabalho. Eu ganho uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso.

Obrigadaaaa! Só clicar nos ícones abaixo – e ainda aproveitar descontos exclusivos para você, que apoia o blog.

PLANILHA GRATUITA

CURSO DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM

Planeje sua viagem em 8 passos e economize até 70%.

Conheça o passo a passo usado por centenas de viajantes para fugir de ciladas turísticas, parar de jogar dinheiro fora e fazer uma viagem autêntica e confortável para qualquer lugar do mundo.

REDES SOCIAIS


Mari Neubra é especialista em Planejamento de Viagem e criadora do Plano V. Pesquisa e produz conteúdo de viagem para a internet desde 2016. Já ajudou milhares de viajantes a ganharem o mundo com confiança e controle financeiro. O Plano V reúne estratégias testadas ao longo desses anos em mais de 25 países.